Suástica e seus milênios de história

A suástica foi um símbolo utilizado por um dos homens mais odiados da história. Um signo que representou o holocausto de milhões de pessoas e a guerra mais destrutivas a qual temos conhecimento. Entretanto, Adolf Hitler não foi o primeiro a usar a insígnia, na verdade, o uso desse poderoso símbolo remonta há milhares de anos, sendo adorado por povos de diversos continentes.

Para os hindus e budistas da Índia, assim como em outros países asiáticos, a suástica já era uma representação importante desde um passado longínquo. No presente, ainda pode ser vista em abundância nos templos, ônibus, táxis e nas capas dos livros. Também foi usada na Grécia Antiga e pode ser encontrada nas ruínas da antiga cidade de Troia, que teve seu auge há 4.000 anos.

Os antigos celtas também utilizaram a suástica, refletida em muitos artefatos. Foi usada por tribos nórdicas e até mesmo pelos primeiros cristãos, incluindo os Cavaleiros Teutônicos, uma ordem militar medieval alemã que se tornou puramente religiosa posteriormente.

Suástica é uma palavra sânscrita (svasktika) significando Ser, Bem Estar, Boa Existência e Boa Sorte. No entanto, também é conhecida por diferentes nomes em variados países: Wan na China, Manji no Japão, Fylfot na Inglaterra, Hakenkreuz na Alemanha e Tetraskelion ou Tetragammadion na Grécia. A P.R. Sarkar, escola de sânscrito, divulgou em 1979 que o significado mais profundo da palavra seria ‘vitória permanente “. Também foi mencionado que como qualquer símbolo a Suástica pode ter um significado positivo e negativo, dependendo de como é desenhada. Então, no hinduísmo, voltada ao lado direito, a suástica representa o deus Vishnu e o Sol, enquanto voltada à esquerda significa Kali e a magia. O duplo significado dos símbolos é comum em tradições antigas, como por exemplo, o símbolo do pentagrama (estrela de cinco pontas ) que é considerado negativo quando aponta para baixo e positivo quando aponta para cima.

1924268

A mais antiga suástica já encontrada foi descoberta em Mezine, Ucrânia, esculpida em uma estatueta de marfim, que data incríveis 12.000 anos, consagrada a sua feitura a um povo de cultura neolítica do Sul da Europa, área onde agora está a Sérvia, Croácia, Bósnia e Herzegovina, nomeada Cultura Vinca. No budismo, a suástica é o símbolo da fortuna, prosperidade, abundância e eternidade. Diretamente relacionada ao Buda, pode ser encontrada esculpida em estátuas que o representam, nas solas dos seus pés e em seu coração. Diz-se que o símbolo contém a mente de Buda.

8643248

Nas paredes das catacumbas cristãs, em Roma, o símbolo da suástica aparece ao lado das palavras “ZOTIKO ZOTIKO“, que significa “Vida da Vida”. Também pode ser encontrado nas aberturas das janelas das misteriosas igrejas Lalibela da Etiópia e em vários outros templos do mundo.

8153501

9302169

Nos mitos nórdicos, Odin é representado percorrendo através do espaço com um disco ou suástica, olhando para baixo para todos os mundos. Na América do Norte, a suástica foi usada pelos Navajos. Na Grécia Antiga, Pitágoras usou a suástica sob o nome ‘Tetraktys’, sendo o símbolo que ligava o céu e a terra, com o braço direito apontando para o céu e o esquerdo direcionado para terra. Foi utilizada pelos fenícios como símbolo do Sol, sagrado para as sacerdotisas. Na pedra fenícia Craig-Narget, encontrada Escócia, a suástica está representada no manto de uma grande sacerdotisa.

2549973

Por fim, como e por que tantos diferentes países e culturas, através de muitas eras, usaram o mesmo símbolo e, aparentemente, com o mesmo significado? É irônico e lamentável que o símbolo da vida e da eternidade tenha sido utilizado pelos nazistas que ironicamente exterminaram, mataram e destruíram, criando na mente das pessoas uma associação negativa com esse símbolo, visto como sagrado por milhares de anos.

Para ler: A migração dos símbolos de Conde Goblet D’alviella

A_MIGRACAO_DOS_SIMBOLOS_1260403659B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens

Cadastre-se e receba as novidades
Quero receber
This site is using the Seo Wizard wordpress plugin by www.seowizard.org.