Expedições


Expedição alienígenas ancestrais no Brasil

Podemos juntos reescrever a história! Embarquem comigo nessa aventura! (https://www.catarse.me/andredepierre)

Iniciei minha carreira em 2009 estudando civilizações antigas como os sumérios, assírios, babilônios, fenícios, hititas entre outros. Em 2010, comecei uma pesquisa de campo em Bofete e Botucatu, Estado de São Paulo, a partir da leitura de alguns textos do autor ítalo-brasileiro Peregrino Vidal (pseudônimo de Frei Fidélis), que falavam da presença de sumérios e outros povos do antigo oriente no Brasil. Os fatos apresentados por Vidal me instigaram, porque, como todos sabemos, a história comumente ensinada não cita contatos na idade antiga entre povos separados pelo Oceano Atlântico. Outros autores brasileiros como Ludwig Schwennhagen e Bernardo Ramos de Azevedo, tal qual diversos documentos do IHGB – Instituto Histórico Geográfico Brasileiro, citam o empreendimento na América Pré-Colombiana destes orientais. Os críticos dizem que não há provas arqueológicas, mas já visitaram todos estes locais apresentados pelos autores? Estou certo que não!

Após dois anos de trabalhos arqueológicos, descobri alinhamentos no Brasil entre antigos sítios com petróglifos (gravuras rupestres) em pontos muito distantes uns dos outros e esculturas ancestrais intrigantes. Estes alinhamentos formam triângulos retângulos especiais que somente podem ser explicados por duas hipóteses. A primeira é a Teoria do Paleocontato ou Antigos Astronautas, mas do que se trata esta tese? É a hipótese de que civilizações extraterrestres com tecnologia avançada visitaram a Terra em um passado remoto, influenciando nosso desenvolvimento cultural, tecnológico, religioso e até biológico. Isso responderia o principal problema dos alinhamentos: qual a tecnologia empregada para sua produção? Fato é que encontramos tais dilemas em todo mundo, que foram apresentados por muitos outros autores em diversos tipos de publicações e mídias.

A segunda teoria plausível para explicar estes fenômenos, seria de que uma civilização tecnológica antiga sucumbiu há doze mil anos, diante do fim da última era glacial. Tal catástrofe global teria proporcionado a derrocada desta sociedade que detinha tecnologia para realizar tais feitos. Após o cataclismo, alguns sobreviventes mantiveram viva esta cultura antiga, o que possibilitou o ressurgimento da civilização após seis mil anos de reconstrução. Mitos? Verdades? Somente explorando é possível sacramentar tais teorias ou desmistificá-las. Fato é que a história comumente ensinada está cheia de lacunas que precisam ser preenchidas.

Após participar de um debate no Brasil com Giorgio Tsoukalos, astro da série Alienígenas do Passado do History Channel, decidi que era hora de desbravar este país atrás das evidências, porque vi que estrangeiros e os próprios brasileiros, em sua maioria, desconhecem os fatos que apontei aqui. Marquei vários locais nos Estados do Mato Grosso, Goiás, Rio Grande do Norte, Paraíba, Bahia, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul, onde suspeito que há provas de um contato extraterrestre no mundo antigo. Contudo, financiar toda a pesquisa do próprio bolso é muito complicado. Por isso necessito da tua ajuda para realizar este trabalho que pode mudar a história como conhecemos! Podemos juntos reescrever a história antiga do Brasil! Embarquem comigo nessa aventura!

PARA AJUDAR A EXPEDIÇÃO: https://www.catarse.me/andredepierre